A Direção-Geral da Saúde em parceria com a Ordem dos Psicólogos Portugueses sugere duas possibilidades de organização de um plano semanal familiar (um com sugestões dirigidas a crianças mais novas, até aos 5 anos, e outro a crianças mais velhas, até aos 14 anos), que deve ser sempre adaptado às características e realidade específica de cada família. E ainda um conjunto de atividades que respondem às diferentes necessidades de desenvolvimento das crianças e que podem servir de inspiração às famílias. A estabilidade e a previsibilidade são essenciais para o equilíbrio emocional das crianças, sobretudo das mais pequenas.

  • Partilhe